Thursday, December 8, 2011

Um dia de princesa...

Não tenho outra palavra para melhor descrever como me senti hoje. Uma princesa. E para quem me conhece, ouvir isso da minha boca quase soa muito falso. Ou a imagem inicial é de uma simples tarde num SPA com massagem. Vou tentar escrever tudo com muitos detalhes, na esperança de que um dia eu acredite que isso aconteceu porque até agora, tudo parece cenas de um filme.

Como não estou ficando no Palácio de Akasaka com a delegação oficial, fui em taxi até lá para me unir ao comboio. No caminho, fui vendo as centenas de bandeiras da Costa Rica ao lado da do Japão, decorando as ruas. É muito lindo ver isso! É com estes "pequenos" detalhes que pouco a pouco você vai entendendo a dimensão do evento...



Esta é a entrada do Palácio, com as duas bandeiras hasteadas:

Aqui um pequeno tour do banheiro do Palácio, e de quando eu me perdi dentro do Palácio com um segurança, tentando encontrar o quarto do Álvaro.


E aqui, um tour do quarto do Álvaro:

De lá, saímos para o Palácio Imperial com o comboio e a escolta da Polícia, como acontece em todos os momentos da Visita Presidencial. Aqui está o vídeo da chegada com a foto que saiu hoje no principal jornal da Costa Rica, La Nación:


Entramos e tivemos uma curta sessão com o pessoal de protocolo da Casa Imperial para saber exatamente como seria cada parte do evento. Nos entregaram esta papel, explicando onde cada um tinha que estar em cada momento. Pensaram que é fácil? Sem contar que aí nos informaram que cada um de nós quatro da ponta inferior esquerda do papel teríamos que apresentar para um dos membros da Família Imperial todos os Ministros da Costa Rica (os outros quatro nomes do lado esquerdo da página). Eu tive que apresenta-los para o Príncipe Herdeiro.


Também entregaram um cartão para cada um, com a informação sobre onde você se sentaria. A mesa tinha 26 convidados, pelas minhas contas. E como de praxe na diplomacia, os casais nunca se sentam juntos. O Álvaro estava sentado ao lado da Princesa Akishino, e eu ao lado do marido dela, o Príncipe Akishino. Eles estiveram na Costa Rica no começo deste ano.


E muito importante, também fomos informados que todos os arranjos florais do centro da mesa foram feitos em homenagem a Costa Rica, com as cores da bandeira. Eram flores brancas, vermelhas e azuis, a pedido da Imperatriz.

Antes do almoço recebemos a Família Imperial em uma sala lateral, como mostra o esquema acima. E tivemos um minutinho de socialização com eles, claro que tudo calculado: 5 minutos aqui, 5 minutos ali, sempre trocando para você conversar com todos eles.

Não é permitido tirar nenhuma foto dentro do Palácio. Eu queria mesmo era uma foto da mesa do almoço. Muitos fotógrafos tiraram assim que entramos e logo foram expulsos da sala, mas não sei se eu terei acesso a estas fotos. Veremos. O que posso dizer é que nunca tinha visto uma mesa assim. NUNCA! Nem na minha curta carreira hoteleira, nem nos filmes de época de Hollywood...

Cada lugar tinha o nome do convidado, como sempre acontece em jantares diplomáticos. Mas o logo da Família Imperial é tão lindo que fiz questão de escanar:

Cada um tinha seu menu:

E antes que me chamem de brega por ter trazido tudo isso, conto que é super comum as pessoas levarem estes menus como recordação dos eventos. Até o Príncipe Akishino levou todos os papéis dele.

Também tinha a lista das músicas que foram tocadas no almoço por uma orquestra que estava ao lado. LINDO!!!! A música do vídeo da entrada no Palácio (acima) era uma delas, a número 8 da lista.


Acho que o que mais me impressionou de tudo, fora os detalhes da mesa, foi o serviço. Menciono novamente que havia 26 convidados na mesa. Eu consegui contar 34 mordomos, ou sei lá qual o termo mais apropriado para eles. Todos de fraque e luvas brancas. E todas as 26 pessoas eram servidas em questões de minutos. Impecável!!!

Foi tudo incrível. A vista era impressionante. De dentro do Palácio, você só vê árvores, não vê nenhum prédio... Caminhamos uns cinco minutos entre a porta de entrada e a sala do almoço. Os jardins internos maravilhosos, com pedrinhas, árvores, lagos... Aquele estilo japonês, no seu mais alto requinte.

Durante o almoço, conversei muito com o Mestre de Cerimônias, que estava do meu lado direito. Ele é um diplomata de carreira, e foi um dos japoneses mais interessantes que conheci no mundo diplomático. Falamos sobre muitas coisas, sobre Brasil, Austrália, EUA, Japão, minha família no Japão, e claro, a Costa Rica. Ele comentou sobre uma semelhança entre a Costa Rica e o Japão, e falou sobre a qualidade do ar, ou algo assim. Eu, como boa Embaixatriz da Costa Rica, logo mencionei a preocupação com a preservação do ambiente e a cultura de paz como semelhança entre os dois países. Catchim!!!! Ponto Tauli!!!

Do outro lado, com o Príncipe Akishino, a conversa esteve sempre em torno de um só assunto: BARATAS! Sim, acreditem ou não, é isso mesmo. Explico: o Príncipe Akishino é um amante dos insectos (qual o nome deste tipo de pessoa? - Louco? hehehe não, sério, tem um nome...). Em especial, ele AMA baratas!!! Tem uma coleção de baratas na parede de uma sala. Quando esteve no Brasil, foi à Amazônia e viu umas baratas que só existem por lá, e que segundo ele são do tamanho de uma batata grande. Não queria nem imaginar um bicho destes na minha frente, ainda mais durante um almoço tão especial... Quando ele foi para a Costa Rica, visitou o INBio (Instituto Nacional de Biodiversidade) que é uma instituição incrível!! Para encurtar a história, ele se apaixonou por umas baratas que viu por lá. Junto com a Presidenta e sua delegação, vieram duas baratonas empalhadas e emolduradas de presente para ele. Claro, bizarro dar baratas de presente numa situação qualquer que não essa. Para ele, foi um presente extremamente valioso, diferente e totalmente personalizado. Catchim!!!! Ponto Costa Rica!!!

Nesta conversa bizarra sobre baratas, eu comentei que não havia visto nenhuma barata em Tóquio, que na minha casa não tinham baratas. E ele me solta: "oooh, na minha casa tem muitas!"... HAHAHA Viu? Quem quis morar num palácio? Dá nisso...

Nos levantamos e fomos de volta à outra sala, para mais social (também "controlada") enquanto tomávamos chá/café. Esta era a hora de falarmos com o Imperador: 4 minutos para a gente, Embaixador e Embaixatriz.

Como sempre, eles já tem toda a informação sobre a gente. Então sabíamos que eu e o Álvaro tínhamos estado em Ishinomaki (umas das cidades mais afetadas pelo Tsunami) com um projeto do CISV. Até o significado de CISV o Príncipe Akishino sabia. A Princesa Akishino é psicóloga de formação e chegou a contar para o Álvaro durante o almoço que ela também foi como voluntária para uma das cidades afetadas para trabalhar com crianças, mas que nenhuma das crianças sabia quem ela era. Achei muito legal!

Este casal (Príncipe e Princesa Akishino) teve mais contato com a gente, por estarmos sentados perto. Causaram uma super impressão, pelas conversas "normais" que mantivemos com eles em todas as oportunidades. Dentro do possível, foi tudo muito natural.

Acho que só na saída do Palácio é que comecei a assimilar quão especial foi esta oportunidade. A chance de que um Presidente visite o país onde você está nomeado como Embaixador é bastante pequena. Este é o sonho de qualquer Embaixador, porque isso te abre muitas portas, é um catalisador. A chance de que ele(a) venha e seja recebido(a) para um evento como esse, é menor ainda. Que isso tudo tenha acontecido com a gente, pouco depois de completarmos quatro meses de Japão, é incrível!! Ou seja, cada minuto que passa entendo melhor o que aconteceu e posso dizer que adorei esta experiência. Vai ficar para a história!! Não esperava que fosse ser tão diferente! Na minha lista de coisas que eu tenho que fazer antes de morrer, já posso ticar esta: Princesa por um dia!

E no final, ao me despedir da Presidenta (que segue para Nagoya e Kyoto amanhã), ela me deu um presentinho, com este cartão:











Arigatogozaimasu!!!

20 comments:

  1. Tori, nao sabia que vc estava com blog novo " a la Japao"! Nao tenho tido muito tempo de mexer na internet, Helena demanda muito tempo, mas ler seus textos é sempre muito divertido e cultural! Vou tentar acompanhar entre uma mamada e outra hehehe! Beijos e saudades Bia Florence

    ReplyDelete
    Replies
    1. Bia, imagino que deve estar corrido, mas aqui estarei reportando. Beijocas pra vocês três!!! Saudades!

      Delete
  2. Tau! Viu, o meu post que não apareceu falava exatamente isso. que parece que tudo isso aí é coisa de filme! Obrigada por dividir essas experiências com a gente! um bjo enorme cheio de saudades!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Lau, divido con mucho gosto! Eu preciso dividir porque se não, às vezes parece que não é verdade... hahaha

      Delete
  3. Só fico pensando em como será voce de "mocinha" durante as 24h do dia!
    Onde guardou as chuteiras e os uniformes?
    Bj

    ReplyDelete
    Replies
    1. Mami, sou mocinha 24 horas. Agora só uso chuteira cor de rosa e uniforme com saia. Me aguarde!!

      Delete
  4. sensacional, parabens! grande experiencia! bjao do Raul

    ReplyDelete
    Replies
    1. Raul querido, muito obrigada!! É uma honra ter você lendo meu blog! Quando te vemos por estes lados?

      Delete
  5. Bia, imagino que deve estar corrido, mas aqui estarei reportando. Beijocas pra vocês três!!! Saudades!

    Lau, divido con mucho gosto! Eu preciso dividir porque se não, às vezes parece que não é verdade... hahaha

    Mami, sou mocinha 24 horas. Agora só uso chuteira cor de rosa e uniforme com saia. Me aguarde!!

    Raul querido, muito obrigada!! É uma honra ter você lendo meu blog! Quando te vemos por estes lados?

    Beijocas a todos! Super obrigada!!

    ReplyDelete
  6. Tauli querida. É impactante ouvir todas estas experiências que vocês estão vivendo. É quase inimaginável que tudo isso seja possível e aconteça neste universo e mais ainda, que vocês dois estejam usufruindo desta faceta de possibilidades. É uma delícia ler o teu post. AMEI os filminhos que foram geniais para aguçar a imaginão dos demais cenários. É de ficar sem ar. Estas experiências sem dúvida vão determinar mudanças profundas na alma deste casal querido. E a história das baratas? Meu Deus, não consegui parar de rir. Este Ser deve mesmo ser uma figura. Tauli, fico muito, muito feliz por vocês. Continue sempre escrevendo, pois você é escritora nata. Guarde todos estes depoimentos experienciais, pois em breve você poderá escrever o teu grande livro: "Das chuterias, às baratas e banquetes - experências de um embaixatriz. hehehehe
    beijo enorme queridos. Vou adorar acompanhar as aventuras de vocês.
    Com muito carinho e saudade, Medi

    ReplyDelete
    Replies
    1. Medi, que linda sua mensagem!!! MUITO obrigada!!! Muito obrigada por todos os elogios! Adoraria escrever um livro, mas acho que estão uns vários anos luz disso... Who knows? Antes achava que se escrevesse, só minha mãe compraria. Agora sei que tenho uma tia que também leria. E agora você! :-) Já são 3 exemplares!!!

      Delete
  7. Me encantaría poder entender todo lo que escribiste Tauli, porque definitivamente los videos dicen mucho! Me parece que estoy viendo una película de Hollywood. Me alegra muchísimo que estén viviendo una vida de película! Un abrazo a los dos y gracias por compartir.
    Arigato

    ReplyDelete
    Replies
    1. Gina, si que pena! Me gustaría mucho escribir en inglés y español también, pero se necesita taaaanto tiempo. Te digo que sí es parte del proyecto. Tengo que ver como hacer, creo que hay que ser mas profesional que blogspot... no se!!! Muchas gracias querida!!! Para que te ayude en este post: baratas son cucarachas! :-)

      Delete
  8. Adorei este conto! Mais, por favor!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Aronso, muito obrigada. Sigo aqui. Este post foi bem diferente, mas continuarei escrevendo, mesmo que sobre eventos e coisas menos VIP, mais mundanas e cotidianas. Obrigada!

      Delete
  9. Wow...I'm so happy for you both. Congratulations again to Álvaro & given the sacrifices you've both made, I can't think of a more deserving couple.
    I only recently discovered your blog & love reading all your stories, I feel like I am right there with you. Hopefully one day you will publish a book for us all to enjoy & as further evidence that this isn't a surreal dream.
    Love, hugs & kisses to you both.
    Caroline xox

    ReplyDelete
    Replies
    1. Caroline!!! Thank you!!! For people like you, I have to keep posting in Portuguese, so you can practice, right? ;-) Thank you for your message. I was just writing above to Medi that she would be the 3rd person to buy my book. I guess you would be the 4th!! Thank you!!! Hope you are well!!

      Delete
  10. Adorei Tauli! Aposto que a experiência com as jogadas do Mala te ajudou a entender o esquema de movimentação no palácio. Mas faltou a foto vestida de princesa! beijo

    ReplyDelete
    Replies
    1. Mira, hahahahahaha!!!! O Álvaro estava perdido com o diagrama. Eu, pensando nas jogadas ensaiadas, entendi rapidinho. Mas quase dei o gato no príncipe. HAHAHA Vou sugerir para o protocolo da Casa Imperial que contratem a Bia para fazer um PowerPoint com os movimentos de cada um para facilitar a vida dos visitantes. Eu não estava de princesa. Um tailler bege, nada demais. Afinal, hoje era o dia da Presidente com os Imperadores, não o nosso... Obrigada Mira! Beijocas! Bom jogo agora com a Mô por aí!!

      Delete
  11. Medi, que linda sua mensagem!!! MUITO obrigada!!! Muito obrigada por todos os elogios! Adoraria escrever um livro, mas acho que estão uns vários anos luz disso... Who knows? Antes achava que se escrevesse, só minha mãe compraria. Agora sei que tenho uma tia que também leria. E agora você! :-) Já são 3 exemplares!!!

    Gina, si que pena! Me gustaría mucho escribir en inglés y español también, pero se necesita taaaanto tiempo. Te digo que sí es parte del proyecto. Tengo que ver como hacer, creo que hay que ser mas profesional que blogspot... no se!!! Muchas gracias querida!!! Para que te ayude en este post: baratas son cucarachas! :-)

    Aronso, muito obrigada. Sigo aqui. Este post foi bem diferente, mas continuarei escrevendo, mesmo que sobre eventos e coisas menos VIP, mais mundanas e cotidianas. Obrigada!

    Caroline!!! Thank you!!! For people like you, I have to keep posting in Portuguese, so you can practice, right? ;-) Thank you for your message. I was just writing above to Medi that she would be the 3rd person to buy my book. I guess you would be the 4th!! Thank you!!! Hope you are well!!

    Mira, hahahahahaha!!!! O Álvaro estava perdido com o diagrama. Eu, pensando nas jogadas ensaiadas, entendi rapidinho. Mas quase dei o gato no príncipe. HAHAHA Vou sugerir para o protocolo da Casa Imperial que contratem a Bia para fazer um PowerPoint com os movimentos de cada um para facilitar a vida dos visitantes. Eu não estava de princesa. Um tailler bege, nada demais. Afinal, hoje era o dia da Presidente com os Imperadores, não o nosso... Obrigada Mira! Beijocas! Bom jogo agora com a Mô por aí!!

    ReplyDelete